O que são hemácias?

Conhecidas também como glóbulos vermelhos ou eritrócitos, as hemácias, são células sanguíneas muito importantes na oxigenação dos tecidos. Além disso, elas são responsáveis pela cor vermelha do sangue. Continue lendo para saber mais sobre essas células. 

O que são hemácias?

As hemácias são células sanguíneas também conhecidas como glóbulos vermelhos ou eritrócitos. Pequeninas e arredondadas, elas apresentam formato de disco bicôncavo, ou seja, a parte central é mais fina e as bordas mais espessas. Essas células são anucleadas e permanecem no interior dos vasos sanguíneos em condições normais. 

Os glóbulos vermelhos não possuem núcleo e por esse motivo tem um período limitado de tempo de vida, em torno de 120 dias. Após passado esse período, as hemácias são levadas até o baço onde são destruídas. Os componentes restantes após a destruição dessas células são utilizados para formar novas células.

As hemácias dos seres humanos são produzidas na medula óssea, processo chamado de eritropoiese. Uma das características mais relevantes dessas células sanguíneas é conter hemoglobina, proteína rica em ferro. 

Além de assegurar o transporte de oxigênio e gás carbônico, a hemoglobina faz com que a hemácia adquira a sua cor vermelha. O sangue apresenta coloração avermelhada devido à grande quantidade de hemácias no sangue. 

Características das hemácias

  • São células sanguíneas com forma de um disco bicôncavo.
  • Tem cerca de 7,5 µm de diâmetro, 0,8 µm na região central e 2,6 µm de espessura na região periférica. 
  • Esse formato faz com que a hemácia tenha superfície de contato mais ampla realizando troca gasosa mais eficiente. 
  • Hemácias são flexíveis, assim o transporte é facilitado. 
  • Destacam-se também por não ter núcleo, ou seja, não possuem material genético.
  • Devido a essa característica as hemácias vivem por um período curto de tempo e não são capazes de se dividir. 

Hemoglobina

As hemácias apresentam cor avermelhada devido a um pigmento vermelho chamado de hemoglobina. Essa proteína é constituída por quatro subunidades com porção proteica ligada a um grupo heme (que possui ferro). A principal função dessa proteína é assegurar o transporte de oxigênio pelo corpo. 

Ciclo da vida das hemácias

Os eritrócitos ou hemácias são células produzidas na medula óssea. Seu ciclo de vida é curto, tem em média 120 dias. Após esse período, os glóbulos vermelhos são encaminhados para o fígado e baço, onde são destruídos. 

Nesses órgãos acontece a quebra das moléculas de hemoglobina além da disponibilização de ferro e aminoácidos. Eles podem ser utilizados para o fabrico de novas hemácias. As hemácias são as células sanguíneas mais abundantes no sangue. 

Quais são as funções das hemácias?

A sua principal função é o transporte do oxigênio, obtido pelo sistema respiratório, até as células do corpo.

Outra função das hemácias é transportar parte do gás carbônico produzido pelas células para poder eliminá-lo. É importante citar que grande parte do gás carbônico produzido nos tecidos é transportada através do plasma sanguíneo.

Quando chega aos alvéolos pulmonares, nos pulmões, a hemoglobina se liga a moléculas de oxigênio dando origem a oxiemoglobina. Ligando-se ao gás carbônico, nos tecidos, a hemoglobina dá origem a carboemoglobina.

O que é anemia?

A baixa quantidade de hemoglobina no sangue resulta em uma doença chamada anemia. Trata-se de um problema com inúmeras causas como:

  • Alimentação pobre em alimentos com ferro;
  • Baixa produção de hemácias;
  • Destruição exagerada dos glóbulos vermelhos;
  • Hemorragias graves. 

O transporte de oxigênio é afetado quando um indivíduo está com anemia. O processo de respiração celular é realizado em menor quantidade pelas células como consequência da redução do transporte. A baixa respiração celular leva a menor produção de energia, por isso pessoas com anemia apresentam cansaço e fraqueza. 

O que é anemia falciforme?

A anemia falciforme é uma doença hereditária que se caracteriza pela deformação da hemácia. Nesse caso, ao invés do formato bicôncavo, o glóbulo vermelho possui forma de foice.

Com essa mudança, a hemácia se torna menos flexível e mais frágil do que uma hemácia normal. Isso leva a um processo de destruição rápida da célula sanguínea.

Curiosidade sobre hemácias

Os glóbulos vermelhos são as células sanguíneas encontradas em maior quantidade no organismo. Uma pessoa com condições de saúde normais apresentam de 4 a 5 milhões de hemácias por decilitro de sangue. Exatamente por essa abundância de hemácias que o sangue é vermelho. 

Hemograma

O hemograma é um exame que visa a análise das células sanguíneas de um indivíduo. Trata-se de um recurso relevante para o diagnóstico e acompanhamento de algumas enfermidades. Um hemograma é composto por:

  • Leucograma;
  • Plaquetograma;
  • Eritrograma (foca na análise da série vermelha do sangue). 

Esse exame analisa o número de hemácias, a concentração de hemoglobina na hemácia, qual é o tamanho dessas células entre outros índices. É um exame que permite identificar problemas de saúde e mensurar qual é a sua gravidade. 

Gostou de saber mais sobre o que são hemácias? Para conferir mais conteúdos como este e dicas para o Enem e o vestibular, acesse outros posts do blog Hexag!

Retornar ao blog

Gostaria de ajuda ou precisa
falar com a nossa equipe?